terça-feira, maio 08, 2018

A Intelligencia na Litteratura Nacional


ARTHUR RIBEIRO LOPES

Lisboa, 1927
Edição do auctor
1.ª edição
19,4 cm x 13,2 cm
2 págs. + 192 págs.
exemplar estimado, restauro na lombada; miolo limpo
assinatura de posse no frontispício
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

Abre assim o magnífico ensaio de Ribeiro Lopes (1889-1965):
«Num paiz em que a noção de critica mais divulgada, por ser a menos intelligente, é a que consiste no commentario arbitrario e affectivo, a publicação d’este volume é um acontecimento antipatico. [...]
Existe uma litteratura portuguesa?
Existiu.
Existiu no seculo XV, no seculo XVI, no seculo XVII, decahe no seculo XVIII, decahe ainda no século XIX e morre totalmente no seculo XX. [...]
Se compararmos os cinco seculos de litteratura portuguesa verificamos que no seculo XIX e no seculo XX não ha uma figura que, dentro da relatividade do progresso do pensamento humano, se possa comparar a um Fernão Lopes, um Azurara ou um Ruy de Pina. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089